Marketing Multicanal: O que quero, quando quero e onde quero!

888 Vizualizações Deixe um comentário

O Marketing Multicanal está se tornando uma necessidade premente, tal é o crescimento do número de canais disponíveis para comunicar. Estamos numa era em que vivemos praticamente
online.

Quantas vezes costuma usar o seu o telefone fixo de casa? Quando foi a última
vez que leu a publicidade amarrotada no seu correio postal em vez de a deitar logo ao lixo?
Agora pense na frequência com que consulta o email. Já imaginou andar o
dia todo sem celular? E quantas horas passa no Facebook, Twitter ou LinkedIn?

Há alguns anos, a televisão e a mala direta eram os canais de marketing outbound privilegiados,
enquanto que o marketing inbound se limitava aos call centers e
às lojas. Mas a Internet mudou tudo isso. Mudou hábitos. Mudou comportamentos. É difícil conjugar verbos como comer, trabalhar, ler, pagar, recrutar e socializar sem ela. Mudou para sempre a forma como se compram e vendem produtos e serviços.

Agora nós, consumidores, temos mais opções e expectativas mais elevadas. Queremos tudo o que
nos agrada no momento em que nos agrada. E as marcas têm de acompanhar esta evolução.
Não só usamos mais as novas tecnologias, como o fazemos ao mesmo tempo:
email
,
celular e redes sociais praticamente em simultâneo. Estamos cientes que os
marketeers recolhem os nossos dados para saberem quando estamos
online, onde clicamos, o que compramos e muito mais. E, no fundo,
esperamos que estes dados os ajudem a nos disponibilizar tudo o que precisamos, pois não queremos mais
ligações
de
call centers!

Mas, hoje em dia, não basta enviar a mensagem certa às pessoas certas no timing mais adequado.
É preciso lhes fazer chegar essa informação através dos canais mais adequados! E com o crescimento exponencial de novas tecnologias e aplicações, esperamos encontrar informação relevante não só no nosso
email mas também no nosso celular e na nossa rede social favorita (ou em qualquer outro canal que decidamos utilizar).

Os marketeiros têm agora de prever o maior número de interações possíveis,
pois já não ditam as regras do jogo. A utilização e integração dos novos canais de
marketing
faz-se online com base nas nossas preferências e comportamentos.

Quer um exemplo?
Imagine que está de férias no Rio de Janeiro mas vive noutra parte do país. Um dia, vê
no seu email uma newsletter sobre o jogo que a selecção brasileira
vai ter no Maracaña. Uns minutos depois de ler, o Neymar faz uma ligação a
convidá-lo pessoalmente para o jogo! Como é que isso aconteceu? Simples: foi
configurado o envio automático de uma chamada de telefone com uma
mensagem do Neymar apenas às pessoas que estão no Rio de Janeiro quando abriram a
newsletter
sobre o jogo!

Este exemplo, apresentado pela
plataforma de marketing multicanal E-goi
, é uma
excelente indicação do tipo de comunicação integrada que as empresas e marcas já
estão a usar para se relacionarem connosco. Afinal, como vê,
agora é o consumidor que dita as regras do jogo!

Sobre o autor

Marcos Paulo da Costa

Criador do portal Marketing Moderno, profissional de Marketing com experiência no ramo Imobiliário desde 2006 e Consultor de Marketing Digital desde 2012, com certificação de Inbound Marketing da HubSpot, focado em planejamento e gestão de marcas online. Experiência na área comercial e marketing, com desenvolvimento de produtos, planejamento comercial, relacionamento com o cliente, pesquisas, treinamento e liderança de equipes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *