Infográfico Consumidor Brasileiro

120 Vizualizações Deixe um comentário

Consumidor anos 50: Vive um período pós-guerra, com poucos critérios para avaliação de qualidade, o preço era uma característica de qualidade e, devido a pouca oferta, estava sempre disposto a experimentar novidades, esse indivíduo era mais passivo, concedendo alto grau de credibilidade aos vendedores. A era do marketing centrado no produto.
Consumidor anos 60: Nesse período o consumidor começa a valorizar as marcas, identificando diferenças entre produtos similares, o mercado começou a oferecer um número maior de opções, constituindo uma forma de satisfazer o desejo consumista do comprador, para ele o consumo era uma forma de melhorar a qualidade de vida.
Consumidor anos 70: Mais atento ao valor do dinheiro, mais sensível às variações financeiras nos produtos e procurando estar organizado para lidar com seus compromissos financeiros. Neste período o consumidor também passou a ser mais desconfiado a respeito do vendedor, uma vez que ele estava mais atento ao preço, as opções começam a ser tornar maiores, com produtos similares sendo oferecidos em mais locais.
Consumidor anos 80: O consumidor ampliou seu pensamento racional e crítico sobre o mercado. No Brasil, devido a uma economia frágil e instável, o consumidor brasileiro aprendeu a pedir descontos e procurar vantagens, passou a comprar menos por impulso e desenvolveu seu senso de organização do orçamento familiar.
Consumidor anos 90:É mais informado, entende melhor seus direitos, é mais independente, tem infinitas opções de entretenimento eletrônico, com controle individual sobre o que assistirá e quando. Sua forma de se comunicar e relacionar começa a mudar, devido ao Boom da internet.
Consumidor anos 2000: Encontra programas mais adequados a seu gosto, muitas vezes, esse conteúdo é doméstico, produzido por gente como a gente, divide sua atenção entre os veículos tradicionais e blogs, fotologs, podcasts e videoblogs, a facilidade de comparação é muito grande e sua vida existe em torno da mídia: do relacionamento com amigos nas redes sociais (principalmente no Orkut) ao telefone celular. O valor do produto é definido pelo cliente e o profissional de marketing precisa segmentar o mercado, a regra é “O cliente é Rei”.

Sobre o autor

Marcos Paulo da Costa

Criador do portal Marketing Moderno, profissional de Marketing com experiência no ramo Imobiliário desde 2006 e Consultor de Marketing Digital desde 2012, com certificação de Inbound Marketing da HubSpot, focado em planejamento e gestão de marcas online. Experiência na área comercial e marketing, com desenvolvimento de produtos, planejamento comercial, relacionamento com o cliente, pesquisas, treinamento e liderança de equipes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *